red blog

12.ABR.2019

As virtudes de um líder, segundo os fundadores da Stone

As virtudes de um líder, segundo os fundadores da Stone

Temos uma prática aqui na Stone de periodicamente receber empreendedores em nosso escritório, com o objetivo de compartilharmos boas práticas sobre gestão, liderança e execução. Normalmente são empreendedores de Startups ou Scale Ups que estão mudando o Brasil.

No último encontro, o fundador da Stone, André Street, e o sócio e CEO, Thiago Piau, falaram muito sobre como acreditam que um líder deve se comportar e dividiram muitos aprendizados com os empreendedores presentes.

Segue abaixo um compilado da conversa que pode ser resumida como “as virtudes de um líder”, organizada por tópicos:

As características de um líder

  1. Ensinar o que sabe: generosidade mental
  2. Praticar o que se ensina: coerência ética
  3. Perguntar o que se ignora: humildade

O verdadeiro líder forma outros líderes e não seguidores.

Outro aspecto essencial da liderança é a empatia e a capacidade de criar confiança com todos ao seu redor, por isso é importante que seu comportamento seja (i) autêntico, (ii) verdadeiro e (iii) que haja um entusiasmo genuíno sobre o futuro.

O bom líder tem que ter o gene da generosidade, que é um interesse genuíno de ver os seus liderados crescerem na vida.

Como líder, você também precisa ser Business Savvy: interessado na Companhia, colocando a empresa em primeiro lugar, antes de si próprio e sempre atento ao que está acontecendo no mercado.

Envolvimento

Você precisa fazer TODOS se sentirem PARTE da obra. TODOS.

Demita o seu ego todos os dias, pois ele só pode te prejudicar. Dirija os sentimentos e canalize-os para o coletivo, colocando o seu time em primeiro lugar. Fale sempre “nós, ao invés de eu”.

O segredo é o envolvimento, isso vale para tudo. Sua família não vai reclamar se souber da importância dos seus sonhos e da sua construção, que vai muito além de algo que você faz apenas para ganhar dinheiro ou um emprego.

Envolva, dê missões para as pessoas, até para quem não trabalha na empresa. Ponha os investidores para trabalhar, clientes, amigos, parceiros, funcionários, influencie, mas faça naturalmente. A culpa é sua, o mérito é do time. Peça sempre indicações e conselhos para gente inteligente de fora!

Cliente

Uma empresa existe para servir bem o cliente. Uma empresa bem-feita tem um efeito positivo imenso na sociedade. Você tem que construir seus diferenciais competitivos baseados em atender de forma única um determinado nicho de pessoas que serão seus fregueses.

Nunca esqueça que seu objetivo é uma causa: melhorar a vida de alguém. Muitas vezes fazendo transformações profundas, outras vezes aprimorando algo de maneira marginal e fazendo muito bem algo. Você tem que conhecer bem o seu cliente!

Empresas que servem a uma causa e põe o cliente em primeiro lugar vão mais longe. O dinheiro e a rentabilidade do negócio são consequências, mas operar de forma eficiente também é pensar no cliente, afinal o processo no qual nos engajamos é o único que funciona e ganhar dinheiro é corresponder ao esforço empreendedor e incentivar o investidor que correu um risco colossal ao te apoiar. O retorno tem que ser grande!

Alto padrão

Seja você mesmo sempre! Jamais perca sua autenticidade. Melhore seus defeitos, mas mantenha sua personalidade.

Somente os paranoicos vencem. Seja obsessivo com seus objetivos na empresa. Olhe para os concorrentes e ‘fique irritado’ se fizerem algo bom, reaja com rapidez. O ser humano é procrastinador por natureza, portanto treine sua organização a não deixar para amanhã o que pode ser resolvido hoje. E deixe o amanhã para aproveitar as oportunidades que podem surgir.

Fique atento com os competidores e seus movimentos, mas procure competir mais ainda com você mesmo porque assim você pode fazer grandes transformações. Eleve a competição para outro patamar! Inove e pense como fazer 10 vezes melhor o que você faz. Somente o uso da tecnologia nos processos operacionais vai te permitir esses grandes saltos.

Fique louco ao perder um cliente! Valorize cada um! Vá entender porque ele te deixou! Se tiver muitos clientes, vá pessoalmente entender com alguns, pois assim você aprenderá muito. Procure ter sempre clientes te ligando para que você saiba o termômetro da rua.

Comemore sempre as vitórias com as equipes, pois a vida é uma só e alegrias precisam ser celebradas e nada melhor para criar este senso de equipe de “fizemos juntos”. Todo encontro é uma oportunidade de passar uma mensagem pra equipe. Nos casos de celebração, a mensagem é que a “dedicação e união valem a pena”!

Educação

A educação se dá pela repetição e presença. Procure o conhecimento aonde no mundo ele estiver e ao aprender algo, ensine ao seu pessoal. Entreviste candidatos, recrute pessoas, crie programas, repita, repita, repita… ao entrevistar pessoas, você aprenderá sobre gente e saberá as diferenciar. Se fizer com método, aprenderá ainda mais rápido.

Repita 300 vezes as mesmas coisas importantes para a cultura, não ligue se acharem você chato(a)! Fale para o time e para os novos que estão entrando. Viaje com seus principais líderes para consolidar aprendizados e sempre faça ou peça o resumo dos aprendizados da viagem. Viagens são momentos de convivência intensa e muito úteis para se transmitir algum conhecimento.

Operação

Tente fazer a operação não depender de você. O que for repetitivo, ponha processo e passe para a próxima, depois volte e melhore. Sua cabeça liberada para pensar em coisa nova vale MUITO, então tente informatizar e automatizar tudo.

Seja duro com isso. Exija padrão de aviação. Faça uma vez e tente ensinar, ponha o padrão e depois coloque alguém melhor do que você, que goste de fazer. Sempre incentive a melhoria contínua e as transformações estruturais que somente serão possíveis com uso de tecnologia. Tenha sempre duas pessoas prontas para entrar no lugar de quem opera algo relevante. Premie e pague bem em ações e bônus quem está no backstage operando, pois você e a empresa precisam deles. Uma empresa não é feita só de atacantes. Normalmente só lembram dos Ronaldinhos…

Aprendizado

Questione-se o tempo inteiro se você está aprendendo coisa nova, se está confortável, se está ajudando as pessoas a crescerem. Viaje, vá para os Estados Unidos e para a Ásia. Mas os EUA têm muita gente e exemplos bons. Não tenha vergonha, faça amigos, se exponha! Leia um livro bom sempre! Um só de cada vez!

Humildade

Humildade é a base de tudo. Não sabemos nada nessa vida ainda. Temos muito que aprender, somos brasileiros empreendedores, pedacinho pequeno do mundo, temos que nos inspirar em diversas histórias e ver graça em aprender sobre o outro.

Temos que nos perguntar o tempo todo onde podemos ser melhores para quem servimos:

  1. clientes
  2. time
  3. acionistas, mesmo que seja você sozinho

Dinheiro

Meça o dinheiro (gasolina), não tenha vergonha, criar riqueza é parte do seu trabalho, mas não faça nada só por causa disso. Nunca deixe de olhar o dinheiro.

Tenha coragem para investir no futuro, mas não esqueça o curto prazo em nenhuma hipótese. Lembre-se de que você está no Brasil (muito instável), portanto esteja saudável financeiramente, tenha dólar (da empresa) guardado sempre. Tenha reservas e margem de manobra. Muitos quebram sonhando demais no país da incerteza e do alto custo de capital. Tenha responsabilidade financeira.

Ética e decisões difíceis

Jamais pegue atalhos, não faça nada errado mesmo que ninguém veja. Tem sempre alguém vendo, mesmo se achar que não. Sua liderança é colocada em risco pelos bons e verdadeiros quando você mente. Tenha disciplina ética. É difícil, mas vale a pena. A mentira é a mãe da corrupção. Tudo que há de ruim no ser humano começa pela mentira e o hábito de não enfrentar situações difíceis. Em relação às pessoas que ficam em cima do muro: cuidado, pois “quem poupa o lobo sacrifica a ovelha”.

Tenha coragem de tomar decisões realmente difíceis e impopulares. Os bons vão te apoiar. Procure energizar as pessoas, mesmo nos tempos difíceis, pois elas estão olhando para você sempre e o exemplo que você dará com seu comportamento nas horas difíceis.

Crie um climão, de vez em quando, quando perceber algo ruim na empresa ou no comportamento das pessoas que tenha consequências relevantes para o futuro e para a cultura. Fica em cima até resolver. Resolve e depois comemore, não deixe de falar o que precisa ser dito. Faça sempre debriefings.

Encare qualquer realidade mesmo que seja para falar contra todo o time, crie o ambiente e desafie para a solução de forma construtiva. Fale sempre com respeito com as pessoas, se o problema for grave fique lá com eles até resolver para ajudar no que puder, seja parceiro. Fique junto!

Escute quem não concorda com você. Não se permita ser soberano jamais. Traga sócios de verdade e dê ouvidos. Questione sua eventual arrogância anualmente. Reconheça erros em público naturalmente.

Ambições e sonho grande

Entenda as ambições das pessoas e tente ajudá-las a atingir os sonhos.

Pense grande, acredite que você pode e é capaz, se tiver um time de primeira e diverso!

Responsabilidade

Tenha muita responsabilidade com os compromissos anteriores, pois eles têm que ser honrados. Seja muito responsável com a sua palavra que é o seu principal patrimônio!

Tenha algum medo de errar, mas tenha mais medo ainda de negligência e de não lutar, se preciso for.

O capitão é o último a sair do navio se ele afundar, honre sua palavra. Morra lutando pelo seu pessoal e pela sua causa!

Recrutamento

Ensine a recrutar! Toma tempo, mas vale a pena.

São três aspectos que devem ser levados em consideração na hora de identificar as boas pessoas: Inteligência, Energia e Integridade.

1) Inteligência 

Há vários tipos de inteligência, portanto procure conhecê-las e aprenda a identificá-las. Seu time tem que ser diverso e complementar. Atente-se para a inteligência emocional nas suas entrevistas. Busque realmente os melhores de exatas, de humanas e de computação.

2) Energia

Procure gente que trabalha de verdade, que tem sonhos e que não são preguiçosas na sua essência. Alguns eventualmente serão workaholics. Procure gente que anima os outros. Gente boa em criar ambientes positivos. Gente que cria, gente construtiva. Estimule a irmandade entre as pessoas, energizando e criando confiança no ambiente.

3) Integridade

Estude Dan Ariely. Não tolere pequenos deslizes éticos. Ensine ética e a reagir diante de conflitos, mas saiba avaliar quem tem esse hábito de levar para si toda vantagem e que não respeita as quatro linhas do campo. Conheça o que motiva a pessoa, assim você poderá se antecipar e avaliar as decisões. Na cultura da organização, “it is not what you preach, it is what you tolerate”. Use exemplos de quem saiu por questões de integridade!

Crie confiança, usando empatia e transparência. Não deixe a mentira se perpetuar. Entenda que o ser humano é medíocre na média. Crie um padrão novo muito acima, o ser humano selecionado e integrado a um grupo de cultura forte pode fazer coisas inimagináveis!

E por fim, faça tudo racionalmente, mas jamais faça sem coração! Tenha coragem de ser você mesmo quando estiver pensando racionalmente. Quem faz sem emoção, faz pequeno!

E nunca se esqueça: divirta-se sempre, de forma que o seu dever seja seu prazer!

 

Via: Endeavor Brasil

https://endeavor.org.br

Veja também